HISTÓRIA

A raiz "skop" vem do grego "skopein", que significa "visão" - e deu origem ao nome Scopus. Ter visão tecnológica não se resume à modernidade dos sistemas e serviços ofertados; mas é, sobretudo, entender os objetivos e metas dos clientes e propor a solução mais adequada a cada necessidade. E, para saber a importância da Scopus no cenário tecnológico do País, basta olhar para sua história. Foi fundada em 1975, pela mesma geração de engenheiros que desenvolveu, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o primeiro computador brasileiro. Alguns anos depois, desenvolveu os primeiros terminais de vídeo nacionais.


No início da década de 80, com o desenvolvimento de um sistema de entrada de dados baseado em microcomputador de 8 bits, a Scopus marcou seu ingresso na tecnologia de microinformática. Na década de 90, a empresa passou a oferecer serviços na área de Tecnologia da Informação, como suporte e manutenção, destacando-se principalmente nas áreas de suporte ao pós-venda, assistência técnica e desenvolvimento e integração de sistemas. Nessa mesma década, a Scopus desenvolveu, para o Bradesco, um sistema seguro de transações financeiras via Internet, o que permitiu ao Banco ser o quinto no mundo e o primeiro na América Latina a oferecer aos seus clientes o serviço de Internet Banking – seguindo os mais rigorosos padrões mundiais de segurança de dados. Em 1998, a Scopus encarou mais um desafio e se tornou pioneira também no desenvolvimento de sistemas de pagamentos seguros via Internet.


A partir de 2000, a empresa alcançou novos patamares. Em 2001, foi implantada a primeira autoridade certificadora do Brasil para o Serpro e a Scopus foi escolhida pelo Instituto de Tecnologia da Informação como AC raiz do território nacional. Em 2005, a empresa foi credenciada como Autoridade e registro, tornando-se apta a emitir CPF e e-CNPJ.


2010 foi o ano de lançamento da primeira tecnologia para transações bancárias via celular. Tendo obtido em 2010 o nível de maturidade 2 no modelo de referência internacional CMMI-DEV (Capability Maturity Model Integration for Development), do CMMI Institute, a Scopus avançou para o nível de maturidade 3 em 2013, e hoje mantém duas avaliações de nível 3, conquistadas em 2016, abrangendo unidades de MG e SP.


cmmi1................cmmi2


É com a confiança de quem inova e se reinventa há quatro décadas que a Scopus está sempre pronta a atuar de forma cada vez mais impactante no mercado brasileiro.